Janeiro Branco alerta para cuidados com a saúde mental

Janeiro Branco alerta para cuidados com a saúde mental

Mega-Sena pode pagar R$ 32 milhões neste sábado
Fies amplia teto de financiamento para R$ 42 mil por semestre
Domingo começa gelado e terá tarde amena no Rio Grande do Sul

A campanha Janeiro Branco, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), chama a atenção para a importância dos cuidados com a saúde mental, que vem sendo afetada em todo o mundo pela pandemia do novo coronavírus.

Esta é a 8ª edição da campanha Janeiro Branco, com o lema “Todo Cuidado Conta”. A ação deste ano busca promover um pacto pela saúde mental em meio à pandemia da covid-19.

A ideia da campanha foi criada em 2014, por um grupo de psicólogos de Uberlândia (MG), e faz alusão ao início do ano, considerando janeiro como uma “página em branco” para ser preenchida com novas metas, objetivando o bem-estar da saúde mental.

Cuidados com a saúde mental

Conforme a psicóloga, Simone Teixeira, a campanha é importante para alertar sobre os cuidados e a proteção com a saúde mental.

De acordo com a profissional, a estimativa é que 23 milhões de brasileiros passem por algum problema mental. Os mais comuns são a depressão, crises de ansiedade e síndrome do pânico.

Simone ressalta que a forma de prevenir é conversar com pessoas próximas, ler bastante, exercitar a cabeça, ter uma vida saudável e, se necessário, procurar ajuda de um profissional. A assistência psicológica é fundamental para que as pessoas tenham uma boa saúde mental.

A campanha deste ano visa amenizar os impactos da pandemia. As pessoas precisaram conviver com o isolamento, com o medo e com as incertezas do momento e isso fez com que muitos problemas mentais aparecessem. Além disso, aqueles que já sofriam de ansiedade e depressão, tiveram seus quadro piorados. Portanto o trabalho da psicologia neste momento da história é de suma importância.

Conforme Simone, as pessoas identificam que estão com a saúde mental debilitada quando tem dificuldades no dia a dia, no trabalho e até mesmo nos momentos de lazer. Quando isso é identificado, chegou a hora de procurar por ajuda.

 

*Fonte: Uirapuru

Os comentários de terceiros são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by