Homem que matou idosa queimada é morto dentro do presídio de Carazinho

Homem que matou idosa queimada é morto dentro do presídio de Carazinho

Morre segunda vítima de acidente na BR-386 em Fontoura Xavier
Durante o feriadão do Dia das Crianças, oito condutores são autuados e dois acidentes são registrados pela Polícia Rodoviária Estadual de Tapera
Uso de recurso do Bird vence, mas estado mantém verba para obras da ERS-142

Homem acusado de ter matado uma idosa e depois ateado fogo em sua residência foi morto em uma das celas do presídio estadual de Carazinho nesta quarta-feira, 18.

Marcelo Shalemberg, 28 anos, foi preso na manhã de hoje e confessou o crime.

Shalemberg era assistido pela vítima desde a sua infância, inclusive tendo trabalhado na casa da idosa.

Conforme a polícia, após o incêndio, uma denúncia ao 190 da Brigada Militar informava que o acusado teria sido visto saindo da casa da vitima logo após as chamas terem iniciado.

Diante da informação, os policiais buscaram por imagens de câmeras de segurança que mostraram o paradeiro de Marcelo.

Shalemberg contou aos policiais que havia ido até a casa da idosa e pedido dinheiro. Ela teria negado e ele teria decidido invadir a casa da mulher durante a noite.

Dando seqüência ao seu plano ele foi até o local porém foi flagrado pela vítima que teria começado a gritar. O acusado então teria asfixiado a mulher, fazendo com que ela desmaiasse e depois ateou fogo na residência. Antes de deixar o local ele se apossou de alguns pertences da vítima que foram localizados mais tarde.

Após ser levado ao presídio estadual de carazinho, Marcelo Shalemberg foi morto a facadas dentro de uma das celas.

A informação foi confirmada pelas autoridades.

A perícia do IGP foi acionada para levantamento no local.

 

*Fonte: Uirapuru

Os comentários de terceiros são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by