Vacina obrigatória, sim ou não?

Vacina obrigatória, sim ou não?

Brasil passa dos 85 mil casos confirmados de coronavírus
Brasil tem 78.162 casos de coronavírus; 44% dos pacientes estão curados
RS tem oito regiões em bandeira vermelha no mapa do distanciamento controlado

Enquanto autoridades falam e prometem muito, a população espera para ser imunizada contra um vírus que já contaminou 44 milhões de pessoas e matou mais de 1,1 milhão no mundo. Mas faz sentido debater vacinação compulsória? E, aliás, o que quer dizer vacina obrigatória? O debate em torno da questão existe ou está fora de lugar? Para responder estas e outras perguntas, Renata Lo Prete ouve Gonzalo Vecina e Daniel Wang. Fundador da Anvisa, ex-secretário Nacional de Vigilância Sanitária e professor de Saúde Pública da USP, Vecina responde sobre a obrigatoriedade para adultos e fala o que o governo deveria estar fazendo agora, no lugar de discutir esta questão. Wang, professor de Direito da FGV de São Paulo e membro do Comitê de Bioética do Hospital Sírio-Libanês, explica o que diz a lei e até que ponto obrigar alguém a se vacinar viola os direitos individuais.

 

*Fonte: G1

Os comentários de terceiros são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by