Halo causado por reflexo de raios de sol em cristais de gelo é registrado no RS

Halo causado por reflexo de raios de sol em cristais de gelo é registrado no RS

Lagoa dos Três Cantos terá edifício residencial com arquitetura em estilo germânico
Nas últimas 24 horas, Brigada Militar de Não-Me-Toque atende três ocorrências de trânsito
Vai faltar água e luz em Não-Me-Toque nesta terça

Um fenômeno chamado halo solar foi registrado nesta quinta-feira (15) no Rio Grande do Sul. Causado pela incidência da luz solar sobre cristais de gelo de nuvens, o halo foi visto por moradores de pelo menos duas regiões: a Norte a o Centro do estado.

Em Ibiraiaras, Eduarda Lia Zanchet registrou o fenômeno óptico.

Fenômeno é semelhante ao arco-íris, pois é causada pelo reflexo de raios de sol em cristais de gelo. Foto foi tirada em Ibiraiaras.

Segundo a meteorologista Gabriele Golart, da Somar Meteorologia, o halo se forma através dos cristais de gelo das nuvens do tipo Cirrostratus, que são nuvens mais altas da atmosfera, compostas principalmente por esses cristais de gelo.

“Ou seja, quando a luz do sol incide sobre as nuvens de cristais de gelo ocorre uma refração que proporciona uma dispersão da luz solar que, ao olho nu, mostra cores semelhantes ao do arco-íris ao redor do sol”, afirma.

O halo acontece em tempos mais firmes, mas geralmente antes da chegada de uma frente fria.

“Esse final de semana temos previsão de chuva, mas por conta de um sistema de baixa pressão atmosférica que atua na Argentina. No extremo sul do continente, uma frente fria avança, mas ela só deve atuar no RS no início da próxima semana”, explica Gabriele.

*Fonte: G1

Os comentários de terceiros são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by