Estragos de ciclone deixam ao menos três mortos em Santa Catarina

Foto: Corpo de Bombeiros / Divulgação / CP

Estragos de ciclone deixam ao menos três mortos em Santa Catarina

CCJ da Câmara dá parecer favorável à PEC que estabelece impressão de votos
Governo Bolsonaro reduz projeção do salário mínimo para R$ 1.031 em 2020
Mega-Sena sorteia hoje prêmio de R$ 32 milhões

A tarde desta terça-feira foi marcada por temporais e ventos fortes em Santa Catarina. Conforme a Defesa Civil do Estado vizinho, rajadas de quase 130 km/h, impulsionadas por um ciclone extratropicla, foram registradas em Urupema, Indaial e Bom Jardim da Serra. Os danos do fenômeno meteorológico deixaram ao menos três mortos. As vítimas estavam em Chapecó, Santo Amaro da Imperatriz e Tijucas.

Diversas cidades catarinenses registraram ventos muito fortes. Em Balneário Camboriú, moradores fizeram imagens da força do ciclone. Janelas de prédios foram quebradas e equipamentos de segurança de construção civil foram carregados pela tempestade.

Na grande Florianópolis, mais destruição. O temporal atingiu com força a ilha e a região metropolitana da Capital catarinense.

O temporal também derrubou árvores e atrapalhou o trânsito em rodovias catarinenses. Houve relatos de ocorrências na BR 470, em Rio do Sul.

O Oeste Catarinense também registrou destruição. Cidades como Chapecó e Palmitos, ambas na região, também foram atingidas pelo fenômeno.

Em várias regiões do Estado, houve relatos de destelhamento de casas, quedas de árvores, estragos em empresas e veículos atingidos pelo que foi carregado pelo temporal.

Mais de um milhão de consumidores ficaram sem energia elétrica no Estado ao longo desta terça-feira. Além disso, parte da população segue sem telefone e serviço de internet.

Há o alerta para a formação de um ciclone extra-tropical na costa catarinense. Por conta disso, não está descartada a presença do fenômeno no território gaúcho nesta quarta-feira. Além disso, as chuvas devem permanecer em território catarinense, perdendo intensidade apenas na segunda metade do dia.

 

*Correio do Povo

 

 

Os comentários de terceiros são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by