Chuva, granizo e vento forte provocam uma morte e estragos em várias cidades do RS

Chuva, granizo e vento forte provocam uma morte e estragos em várias cidades do RS

Assembleia adia votação do reajuste do salário mínimo regional
Mega-Sena acumula no 1º sorteio do ano e vai a R$ 6 milhões
Campanha alerta sobre os riscos de mexer no celular ao volante

Vários municípios gaúchos registraram estragos por conta da forte chuva e do ciclone-bomba que ocorreu nas últimas 24 horas. Em Nova Prata, um homem de 53 anos morreu soterrado por um deslizamento de terra. Segundo a Defesa Civil Estadual, não há registro de desabrigados ou desalojados. As cidades que tiveram mais danos na área urbana são Barracão, Cacique Doble, Carlos Gomes, Itatiba do Sul, Iraí e Tapejara, todas no Norte. Às 23h50, a CEEE informou que 60 mil clientes estão sem luz — somados aos 140 mil da RGE, são 200 mil clientes sem energia elétrica em todo o Estado.

Morte em Nova Prata

Vanderlei Oliveira, 53 anos, morreu soterrado por um deslizamento de terra enquanto trabalhava na construção de um tapume perto de um barranco, por volta das 11h30min desta terça-feira (30), em Nova Prata. Chovia muito no momento no local.

A vítima chegou a ser socorrida pelos bombeiros e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), foi levada ao Hospital São João Batista, mas não resistiu.  Segundo informações repassadas pela Polícia Civil a RBS TV Caxias, Oliveira era morador de Bento Gonçalves e trabalhava na construção de um prédio, em Nova Prata.

Local onde morreu Vanderlei Oliveira, soterrado por um deslizamento de terra
Polícia Civil / Divulgação

Santa Catarina

Os comentários de terceiros são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by