Regiões do RS que passaram para a bandeira vermelha enviam recurso para o governo estadual

Foto: Reprodução/Governo do RS

Regiões do RS que passaram para a bandeira vermelha enviam recurso para o governo estadual

Cruz Alta tem surto de caxumba
Cuidado com os biomas brasileiros é tema da Campanha da Fraternidade 2017
Gás de cozinha sobe 5% nas refinarias, nesta sexta

Após a notificação de que nove das 20 regiões do mapa de distanciamento controlado do estado do Rio Grande do Sul estão na bandeira vermelha, cidades enviaram recurso para o governo estadual revisar os dados considerados na análise. Municípios tinha até a manhã deste domingo (28) para contestar.

Segundo o governo do RS, foram recebidos 67 pedidos de revisão nesta oitava rodada do Distanciamento Controlado e os recursos serão analisados pelo Gabinete de Crise. A versão final do mapa é divulgada na segunda-feira (29), e passa a valer a partir de terça (30) até a segunda-feira seguinte.

Em todas as regiões classificadas como de risco epidemiológico alto, ou seja, na bandeira vermelha, pelo menos um município ou associação encaminhou recurso. Das nove regiões em classificação laranja (risco médio) e das duas em amarelo (risco baixo), não houve pedidos, segundo o estado.

Mesmo em bandeira vermelha por conta da região, são 185 cidades que podem adotar os protocolos previstos da classificação laranja, caso não haja: registro de hospitalização e óbito por Covid-19 de morador nos últimos 14 dias.

Conforme a última atualização da Secretaria Estadual da Saúde, o Rio Grande do Sul tem 25 mil casos confirmados e 554 mortes por coronavírus.

*G1 RS

Os comentários de terceiros são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by