Protege-se a vida, depois os empregos, diz Eduardo Leite após pronunciamento de Bolsonaro

FOTO: Marcelo Bertani/Agência ALRS

Protege-se a vida, depois os empregos, diz Eduardo Leite após pronunciamento de Bolsonaro

Confirmado primeiro caso de coronavírus no Rio Grande do Sul
Farmácia Popular de Não-Me-Toque, passa por reformas para melhor atender usuários
Augustin recebe clientes Massey Ferguson da Colômbia

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, manifestou-se, nas redes sociais, sobre o pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro na noite desta terça-feira (24). Bolsonaro criticou as medidas dos governadores de promover confinamento da população, as quais chamou de “terra arrasada”, e também se manifestou contra o fechamento de escolas, medida que foi uma das primeiras adotadas no Rio Grande do Sul.

Eduardo Leite, no seu perfil do Twitter, disse que “é urgente promover alternativas ao confinamento”, mas “não se faz isso com ataques à ciência e cautela médica mundialmente estabelecidas”.

“Não deixamos de olhar economia e empregos. Mas não assistiremos inertes a uma doença se alastrar. Protege-se 1) a vida 2) os empregos. Nesta ordem”, declarou o governador.

Nesta terça-feira (24), o Rio Grande do Sul confirmou pelo menos 112 casos de coronavírus. Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela secretaria estadual, 62% dos casos são do sexo masculino e 38% do feminino. A faixa etária com o maior número de confirmações segue sendo a dos 50 aos 69 anos, com 47 casos.

*Gaúcha ZH

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by