Cotrijal lidera ação para cobrar medidas de apoio aos produtores

FOTO: Divulgação/Assessoria de Imprensa da Cotrijal

Cotrijal lidera ação para cobrar medidas de apoio aos produtores

Retirada da vacina contra Aftosa no Rio Grande do Sul pode ampliar negócios entre Estados da região
Área Internacional: palestras e painéis com especialistas estrangeiros
Campanha antecipada de vacinação contra febre aftosa começa hoje

Em sua 21ª edição, a Expodireto Cotrijal mais uma vez mostrou todo o seu potencial. Não apenas como vitrine mundial do Agro, que aproxima a tecnologia do produtor rural, mas também pela sua força política.

Em 2020, a Cotrijal mobilizou autoridades políticas estaduais e federais, junto com as entidades representativas do cooperativismo e da agricultura, para alinhar ações e para cobrar medidas de enfrentamento da estiagem, que, dependendo da região, já causou perdas significativas na safra de verão.

Encontro envolveu autoridades políticas e entidades representativas do Agro (Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa da Cotrijal).

Duas reuniões foram realizadas, que culminaram com a decisão de levar um documento conjunto à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, nesta semana, com as reivindicações do setor para amenizar os efeitos da quebra de produção.

O presidente da Cotrijal, Nei César Manica, disse no encerramento da feira que todos os esforços estão sendo feitos para que o governo entenda a necessidade de adotar medidas imediatas. “A atividade agrícola é dependente do clima e depois de várias safras recordes, este ano, teremos produção menor. A exemplo do que sempre fizemos, estamos junto com o produtor. Buscando o amparo do governo, e também fazendo a nossa parte internamente, para que se consiga o melhor resultado”, destaca.

Reunião aconteceu na sexta-feira, 6 (Foto: Divulgação/Assessoria de Imprensa da Cotrijal).

Ele lembra ainda que o PIB do agronegócio tem puxado o crescimento do PIB nacional. E o  entendimento é de que o setor precisa ter olhar diferenciado do governo. “Sustentamos a economia brasileira e vamos defender ações específicas que ajudem o campo e quem depende dele”, afirma Manica.

“É uma questão de justiça com o produtor gaúcho, responsável por garantir alimento saudável na mesa do consumidor”, defende o vice-presidente da Cotrijal, Enio Schroeder.

Participaram da reunião, na sexta-feira, o senador Luis Carlos Henize (PP), os deputados federais Alceu Moreira (MDB), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária no Congresso Nacional, Jerônimo Goergen (PP), Marcelo Moraes (PTB) e Giovani Cherini (PL), coordenador da bancada gaúcha em Brasília; os deputados estaduais Edson Brum (MDB), presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária Gaúcha na Assembleia Legislativa, e o vice-presidente Elton Weber (PSB); o secretário estadual da Agricultura, Covatti Filho, e os presidentes da Fetag, Carlos Joel da Silva, da Farsul, Gedeão Pereira, da FecoAgro, Paulo Pires, da Emater, Geraldo Sandri, dentre outros.

*Assessoria de Imprensa da Cotrijal

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by