Deputados protocolam pedido para criação de CPI da Lava-Jato

Deputados protocolam pedido para criação de CPI da Lava-Jato

Enem 2019 recebe 5 milhões de inscrições; prazo termina nesta sexta
Avó de Michelle Bolsonaro morre de Covid-19 no Distrito Federal
Confira a previsão do horóscopo de cada signo para esta segunda-feira

Parlamentares protocolaram na noite desta quinta-feira (12), na Câmara dos Deputados, um pedido de abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades na relação entre juízes e procuradores, entre eles o ministro da Justiça, Sergio Moro e Deltan Dallagnol, durante atuação na Operação Lava-Jato, com base nas mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Segundo o pedido, as mensagens revelam um “conluio entre as autoridades”, que pode ter acarretado em violações a garantias fundamentais dos investigados.

O requerimento afirma que o ministro da Justiça, Sergio Moro, e procuradores do Ministério Público do Paraná tentaram usar a estrutura do poder judiciário para fins políticos. Os crimes investigados são fraude processual, prevaricação, advocacia administrativa e abuso de autoridade.

Os deputados alcançaram o número de 171 assinaturas para abertura do processo. A Mesa Diretora ainda está conferindo os documentos e após essa etapa, caberá ao presidente da Casa, Rodrigo Maia, decidir se há um fato relevante que justifique a instalação da CPI.

Assinam o requerimento os deputados federais André Figueiredo (PDT-CE), Alessandro Molon (Rede-RJ), Daniel Almeida (PC do B-BA), Ivan Valente (PSOL-SP), Jandira Fechali (PC do B-RJ), Orlando Silva (PC do B-SP), Paulo Pimenta (PT-RS) e Tadeu Alencar (PSB-PE).

*Gaúcha ZH. 
Os comentários de terceiros são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião deste site.

COMENTÁRIOS

Enviar
1
Olá!
Olá!
Gostaria de pedir uma música!
Powered by